segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Benfica estudou bem a lição


Frente a uma equipa que não perdia em casa há um ano o Benfica mostrou-se forte, e continua firme no segundo lugar da Liga na perseguição ao líder Leixões.
O Benfica venceu ontem a Académica por 2-0, com golos de Ruben Amorim aos 31 min. após boa combinação com Nuno Gomes. Cardozo encerra o marcador aos 48min. na conversão de uma grande penalidade cometida por Pavlovic sobre Reyes.

LIGA SAGRES - 8.ª JORNADA
ACADÉMICA-BENFICA
Estádio Cidade de Coimbra
Hora: 20:15
Árbitro: Pedro Proença (Lisboa)

ACADÉMICA - Peskovic; Pedrinho, Orlando, Luiz Nunes e Edson; Pavlovic; Nuno Piloto, Miguel Pedro e Lito; Garcés e Sougou.
Treinador: Domingos Paciência.
Suplentes: Pedro Roma, Pedro Costa, Madej, Cléber, Carlos Aguiar, Tiero, Cris e Éder.


BENFICA - Quim; Maxi Pereira, Luisão, Sidnei, David Luiz; Ruben Amorim, Binya, Yebda, Reyes; Cardozo e Nuno Gomes.
Treinador: Quique Flores.
Suplentes: Moreira, Jorge Ribeiro, Miguel Vítor, Carlos Martins, Balboa, Aimar e Suazo.



David minuto a minuto:

23' – Miguel Pedro fica caído no relvado após lance com David Luiz e é Reyes que coloca a bola fora de campo para prestar assistência ao médio da Académica.
30' - Lance rápido de contra-ataque da Académica, com os avançados a trocarem bem a bola mas David Luiz consegue o corte na hora certa.
33' - Lito cruza da esquerda para Garcés, que ganha a David Luiz mas permite o corte de Sidnei.
60' - Cartão amarelo a David Luiz, por falta sobre Sougou.


Avaliações:

Assumiu a titularidade pela primeira vez, numa posição esquisita (lateral-esquerdo), tendo em conta que nem é esquerdino. Sentiu algumas dificuldades iniciais, perante a velocidade de Sougou e não evitou alguns sustos mas começou a acertar a partir dos 29 minutos quando conseguiu dobrar os centrais e fazer um corte providencial perante mais uma ameaça do senegalês. A partir daí, soltou-se e acabou por cumprir nas novas funções, sem se aventurar no ataque, como seria de prever. (MaisFutebol)

Ainda sem ritmo – 5
Foi a grande surpresa de Quique Flores: nove meses e 27 dias, depois David Luiz voltou à titularidade num jogo da Liga. Regressou numa posição que não a sua: lateral-esquerdo. Cumpriu, mas nem sempre bem. Ainda não acerta sempre com o timing das entradas e tentou muitas vezes fintar em zonas proibidas. Com o tempo, irá seguramente voltar ao que é. (A Bola)

2
As dificuldades, nomeadamente face a Sougou, resultaram sobretudo inadaptação ao lugar. Corte providencial aos 30’, tirando o pão da boca a Garcês. (Record)

6
Estreia a titular na Liga e logo adaptado a lateral-esquerdo. Sentiu por isso algumas dificuldades – por vezes facilitou em demasia e tentou sair a jogar -, mas esteve atento às dobras e mostrou estar pronto a lutar pela titularidade no eixo da defesa. (O Jogo)

4 comentários:

Raquel disse...

O David Luis é o jogador mais querido e atencioso que ja conheci!
;)

raquel disse...

gostava de te conhecer,se quiseres adiciona-me
anaraquel.mm@hotmail.com
um beijo

Maestro disse...

Imagino que tenhas ficado contente.
Ele merece e tu também...

Beijinhos e continua assim

Viriato de Viseu disse...

Bravo MICAELA. vim aqui dar uma forcinha pelo teu ídolo e felicitar-te pelo teu blogue.

O Regresso do DAVID LUIS depois de um penoso calvário, faz mais forte o nosso ANMADO CLUBE e os nossos corações.

Então o teu, deve estar a rebentar a escala quanto a batimentos!!!

Fica bem e recebe uma grande beijoka!!!