sábado, 21 de janeiro de 2012

Premier League: Norwich - Chelsea

* Record

O Chelsea de André Villas Boas, com Bosingwa e Raul Meireles a titulares, empatou esta tarde no terreno do Norwich City, sem golos, na partida que abriu as hostilidades da 22.ª jornada da Premier League.

Além da exibição pouco conseguida – com Fernando Torres a queimar as poucas jogadas de ataque dos Blues, com perdas de bola infantis e pouco mais que remates atabalhoados – preocupante começa também a ser a distância para os dois rivais de Manchester, particularmente o City.

Se a equipa de Mancini vencer o Tottenham, ficará a treze pontos dos londrinos, que começam a depender demasiado da sorte, já que mesmo que vençam os confrontos diretos tanto o City como o United continuam a precisar de perder muitos pontos, algo que não parece propriamente verosímil, nesta altura.

O Norwich não foi propriamente um adversário temível, mais preocupado em não sofrer que em marcar (ainda que não tenha deixado de assustar) mas o Chelsea nunca foi capaz de encontrar o caminho para a baliza da equipa da casa, e quando o fazia eram os próprios jogadores que tratavam de o fechar, mais por incapacidade sua do que por mérito do Norwich.

Com o passar dos minutos e a pressão de vencer o Chelsea foi perdendo a pouca lucidez que teve na primeira parte (Mata foi dos poucos esclarecidos durante todo o jogo), e acabou mesmo por levar apenas um ponto no bolso para Stampford Bridge, que de pouco lhe serve na luta pelo título inglês.

Com este resultado (numa partida onde Lampard saiu lesionado), a equipa de Villas Boas começa a ver o título... mas por um canudo.


Norwich - Chelsea
(22.ª jornada da premier League)

Norwich
Ruddy; Russell Martin, Whitbread, Ayala e Naughton; Johnson, Surman, Pilkington e Fox; Morison e Holt

Suplentes:
Steer, Drury, Crofts, Hoolahan, Bennett, Jackson e Wilbraham

Treinador:
Paul Lambert

Chelsea

Cech; Bosingwa, David Luiz , Terry e Cole; Ramires, Lampard e Meireles; Mata; Torres e Sturridge

Suplentes: Turnbull, Ivanovic, Bertrand, Essien, Romeu, Malouda e Lukaku.

Treinador: André Villas-Boas

Fonte: Record e A Bola

1 comentário:

Antonio disse...

Mi nuevo Blog espero que lo sigas
Un Saludo

http://soniamatias8.blogspot.com/