segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

David o Golias

Ontem o Benfica ganhou por uma bola a zero ao Sp. de Braga. O golo foi marcado ao 45'+2' da primeira parte por David Luiz, que nas alturas fez o único golo da partida.
Equipas:

Benfica - Moreira, Maxi Pereira, Miguel Vítor, Luisão, David Luiz, Ruben Amorim, Katsouranis, Yebda, Di María, Aimar e Suazo.
Suplentes: Moretto, Sidnei, Jorge Ribeiro, Reyes, Carlos Martins, Nuno Gomes e Cardozo.

Treinador: Quique Flores.

Sp. Braga - Eduardo, João Pereira, Frechaut, Moisés, Evaldo, Luis Aguiar, Vandinho, Alan, César Peixoto, Mossoró e Rentería.

Suplentes: Mário Felgueiras, André Leone, Matheus, Andrés Madrid, Paulo César, Orlando Sá e Meyong.

Treinador: Jorge Jesus.
David Luiz

Avaliações:

"Deu o corpo às balas todas", 6 - A estrela do jogo. É absolutamente verdade que estava fora-de-jogo no golo, mas também é claro como água que o cabeceamento é perfeito. Marcou um golo e impediu vários do adversário, como naquele corte a remate de Mossoró (31') e depois aos 41' e logo por duas vezes na mesma jogada. Falhou passes e, colocado sobre a lateral esquerda, não conferiu à equipa a profundidade à equipa de que ela precisava. Mas estas foram pequenas manchas para quem andou sempre com a sirene ligada, sempre pronto para chutar para bem longe o perigo quando algum dos seus companheiros falhava. Consigo a lateral, o Benfica pode perder alguma coisa em termos ofensivos, mas ganha muito na hora de defender. (A Bola)

3 - O golo marcou toda a diferença, no resultado e na sua exibição, depois de um arranque complicado, faltoso, ainda à procura dos melhores tempos de entrada. É titular pela competência defensiva e foi muitas vezes o homem do corte inesperado, no último instante, a fazer a diferença entre sofrer ou não sofrer um golo. Entre ganhar ou perder. (Record)

6 - Um desvio oportuno de cabeça mesmo no fim da primeira parte deu três pontos ao Benfica. Além desta lance, atrapalhou Mossoró aos 31' e voltou a estar em bom plano momentos depois, em novo duelo com o jogador bracarense. (O Jogo)

Decisivo - Abriu o caminho da vitória, através de um cabeceamento certeiro ao cair do pano da primeira parte. Mas também o destacamos pela certeza com que abordou os lances defensivos, secando Alan e mostrando muita garra e poder de antecipação. Dessa forma, conseguiu cortar dois lances de golo dos bracarenses na mesma jogada, momentos antes do golo que ele próprio marcou. (SL Benfica)

1 comentário:

Captain Kid disse...

Finalmente o primeiro golo na Liga. =)