quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Puro-sangue volta no máximo


Um alívio - é assim que Ladislau Marinho, pai de David Luiz, encara o regresso à competição oficial do seu filho, que classifica como um "puro-sangue", após nove meses de ausência.

"Muito feliz" por ver novamente o central nos relvados, Ladislau Marinho frisa que agora "há que dar um passo de cada vez", razão pela qual a família preferiu não fazer qualquer comemoração especial para assinalar o regresso. No entanto, confiança nas qualidades do camisola 23 não falta. "A fase má já passou. Foi difícil, mas, com muita determinação e luta, deu a volta por cima. Vai voltar a mostrar todas as suas qualidades e muito mais. Vai voltar ainda mais forte", atira, confessando que deve viajar em breve para Lisboa, na companhia da sua mulher, "para vê-lo jogar ao vivo e para lhe dar força e carinho especiais".

Sem jogar em partidas oficiais desde 14 de Fevereiro, David Luiz voltou a actuar ante o Aves, mostrando-se recuperado da cirurgia ao quinto metatarso do pé direito, que tantos problemas lhe deu e que o afastou da competição durante praticamente toda a época anterior. O seu pai sublinha, por isso, o carácter do central: "É um puro-sangue, um jogador guerreiro, com muita determinação e coragem. A raça e a vontade estão-lhe no sangue, e por isso recuperou forte." Como tal, realça que o defesa, como qualquer jogador, "só se sente bem no relvado fazendo o que mais gosta".


Rui Costa e Quique Flores apoiam

Rui Costa e Quique Flores tiveram um papel importante na recuperação de David Luiz. Os responsáveis encarnados apoiaram sempre o defesa brasileiro mostrando toda a sua confiança nas capacidades do camisola 23. "Teve sempre muito apoio do Quique Flores e do Rui Costa. Mas todo o grupo de trabalho o ajudou a superar o mau momento", conta Ladislau Marinho.


Minuto a minuto

67'
Substitui Sidnei recebendo uma forte ovação

70'
Corta um passe de Vinícius, à entrada da área, e entrega a Carlos Martins. Volta a receber, mas, apertado, atira a bola para longe, falhando o passe

76'
Recebe o esférico de Léo e, sem opositor directo, arranca até à entrada da área do Aves, tabela com Urreta, e atira forte, mas ao lado

87'
Recebe de Maxi Pereira e entrega, na esquerda, a Léo. Volta a receber o esférico e tenta colocar longo em Balboa, mas falha o passe

Fonte: O jogo

Sem comentários: